Look com ph – Meu Adidas colorido

/ 0 Comentários

Stephanie com ph 05

Eu não mohi, é serio 🙁

Enrolei muitooo para postar esse look, mas vida de universitário, que quer gravar vídeos, é perfeccionista e estagiário, não é fácil MESMO. Mas o que importa é que estamos aqui reunidos para apreciar esse tênis maravilindo e esse look que esta virando uniforme.

Estou mohendo nesse tênis da Adidas, que vocês podem encontrar em uma das lojas mais tops, a loja Verse, onde vendem tênis e acessórios das maiores e melhores marcas do mundo. Fico navegando por horas pela loja, vendo todos os modelos e acompanhando todas as coleções, principalmente os produtos da Nike e Adidas, minhas marcas do ❤ Vocês precisam conhecer os Nike Air Max e todos os modelos da Adidas 😱 ❤ sonho de consumo!! A loja tem uma pegada urban lifestyle que esta super na moda!

As outras peças foram achados da Marisa, que amo muito!

Adidas Loja Verse

verse

Stephanie com ph pulando

Stephanie com ph 01

1- Marisa 2- Marisa 3- Marisa 4- Verse

Adidas Loja Verse 02

Stephanie com ph 06

Quem clicou as fotos, foi nada mais, nada menos que nossa rainha Michele Carvalho!

Michele

Stephanie com ph 03

Eai, o que acharam do look e fotos?

Lookbook #1

/ 0 Comentários

look do dia stephanie com ph

Olha elaaaa!!!! Voltando com tudo com o canal, com vídeos toda sextinha, pra entrar no clima do final de semana! Amo/Sou! Nesse post vou compartilhar algumas fotos babadeiras feitas pela @michelecarvalhofotografia ??

Pra você que esta boiando e não sabe o que seria o “LookBook” (nome provisório para o quadro até então), por amar ser fotografada, posar e usar looks babadeiros, a categoria “look do dia” sempre foi a minha predileta, então para dar uma incrementada, transformei os posts de look do dia em vídeo!! Além de mostrar fotos do look, estarei comentando sobre as peças, com valores e lojas ? demais né?

Ainda estou trabalhando em uma edição legal, encaixando algumas coisas em seu devido lugar (ser perfeccionista é uma boxta). Enfim, se você quer entender melhor, assista o vídeo abaixo:

Siiim, fiz fotos no supermercado!! Já falei sobre essa “tendência” aqui no blog com algumas inspirações! Paguei mico? Talvez, um pouco haha, mas deu tudo certo no final e ficou bem legal o resultado. Quer ver mais fotos dos looks? Para o post não ficar longo, dividi os looks em postagens.

Clique em um dos looks a baixo para ver mais fotos:

scph scph01

Não esqueça de comentar ai em baixo o que acharam do vídeo, de ir lá no canal, se inscrever, curtir e comentar por lá!!

Desconstruindo-se com RuPaul’s Drag Race

/ 0 Comentários

RuPaul's Drag Race 05

Se vocês ficam ligados na internet ou acessam as redes sociais com certa frequência, provavelmente já devem ter lido alguma coisa por lá sobre o programa da apresentadora e cantora RuPaul. Ele dá visibilidade à cultura Drag e entretém pessoas que fazem parte da comunidade LGBT ou não, trazendo informações valiosas, desconstruindo nossos preconceitos de forma bem humorada e divertida. Tem quem critique, mas a maioria aplaude de pé e aprova o reality show estadunidense, que é exibido semanalmente na emissora Logo TV! Cinco temporadas foram disponibilizadas pelo Netflix e o canal Multishow exibe a 7º com exclusividade; espero que assistam e fiquem por dentro de tudo, mas não estou aqui para falar apenas sobre esse aspecto da corrida.

RuPaul's Drag Race 02

Prefiro apontar outro lado, pouco explorado pelos telespectadores e que deveria ganhar mais atenção: Desconstrução. Todos nós temos/já tivemos certos preconceitos e isso é natural desde que reconheçamos eles. Quando comecei a assistir, confesso que era extremamente transfóbico (Mesmo gay assumido), reprimia afeminados, espalhava para os quatro cantos do mundo que deveríamos ser mais discretos e masculinos, já que somos biologicamente homens e ninguém deveria ver duas pessoas do mesmo sexo se beijando etc. Praticamente um animal de estimação domesticado por opressores (Sejam eles heterossexuais ou não, já que muitos membros da comunidade LGBT dizem não identificar-se com o movimento, adotando uma conduta regrada e tradicionalista). “If you don’t love yourself, how in the hell are you gonna love anybody else?” Sempre fui diferente, o que é normal, mas demorei séculos para entender que não havia erro em mim; não há nada mais desgastante que mentir para si mesmo e tentar ser outro alguém a fim de agradar, parecer, estar. Não aproveitei a fase adolescente porque me via como uma aberração, não conseguia criar vínculos; fui reprovado por não ir à escola. Conheci o inferno através de piadas, xingamentos e olhares maldosos. Hoje, já tendo atingido a maioridade, consigo olhar para o passado e agradecer por tudo ter mudado tanto.

RuPaul's Drag Race 01

RuPaul's Drag Race 03

RuPaul’s foi essencial para que eu entendesse/aceitasse outras cores do arco-íris. O mundo seria tão chato se nós fôssemos iguais, não haveria graça e enjoaríamos uns dos outros. Cada episódio traz novas histórias e experiências particulares das Queens; do bullyng á não aceitação familiar, da agressão física á moral. Rio, choro, torço e participo dos desafios mentalmente, mas a mensagem nunca foi tão tão simples: Orientação sexual são apenas duas palavras quando comparadas ao que há por detrás; nós só queremos amar. Será que é pedir demais? Eu não tenho o hábito de julgar a maioria das pessoas pela perspectiva errada, já que é natural quando sabe-se pouco sobre algo, mas todas as letras da sigla LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais, transexuais etc.) sofrem desde sempre. A arte Drag deve ser respeitada e aplaudida constantemente porque funciona como uma estação do que somos. Can i get an amen? O meu recado para os homofóbicos e afins é:  Go back to party city where you belong!

RuPaul's Drag Race 04

Não me saí muito bem e tive que fazer um  “Lip synch for your life”, chegou a hora de “Sashay Away”. Mas, e vocês? Já assistem o reality? O que estão achando da season 8?

Mulheres que você precisa seguir na internet

/ 0 Comentários

E aí, pessoal? Como vocês estão? Da última vez, falei sobre o pouco citado protagonismo feminino na TV, mas o assunto de hoje não é tão diferente assim. As mulheres, que já fazem sucesso dentro e fora das telas, resolveram mostrar o que tem de melhor na internet. Com seus canais, redes sociais e blogs, elas falam sobre assuntos um tanto quanto polêmicos, interagem através de temas cotidianos, dão dicas úteis e trazem informações a respeito de áreas delicadas. Independendo da forma, se é bem humorada, séria ou simplificada, sempre existe uma série de ensinamentos e isso faz o público refletir aos poucos, tendo a opinião moldada de acordo com suas próprias ideologias e conceitos transmitidos.

Jout

Eu poderia procurar outros nomes, mas pensei melhor e vi que soaria falso porque sempre prefiro comentar sobre coisas das quais tenho conhecimento. Quem nunca assistiu a vídeos da Jout Jout, procurou dicas de beleza ou se interessou por temas relacionados à comunidade LGBT? Essas são perguntas frequentes, digamos assim, e as principais responsáveis por tanta visibilidade relacionada às mesmas. É sempre bom lembrar que, mesmo concordando com determinados movimentos, prefiro enaltecer opiniões e perspectivas de quem tem maior conhecimento (Esse pode ser considerado um exemplo, inclusive).

A Jout Jout, citada acima, é popularmente conhecida por preferir não seguir roteiro e expor o que pensa de forma natural, prática. Com o jeito brincalhão e simples de ser, a carioca cria conteúdo desde 2014 e seu público é um dos maiores; fazendo sucesso crescentemente ao abordar experiências pessoais, indicar aleatoriedades, criticar comportamentos errôneos e fazer com que encaremos tudo leve e descontraidamente. Já a Nátaly Neri, que foca em feminismo negro (Sim, existe diferença de um para o outro), representatividade cultural, cabelo, moda e maquiagem; sempre coloca o dedo na ferida e fica de olho nas minorias. Ela é do Afros e Afins, viu?

Nataly

E o Canal das Bee? Ele é representado pelas queridas Débora Baldin e Jéssica Tauane, que não medem esforços para haver visibilidade! Vez ou outra surge algum convidado e o canal não é comandado apenas por ambas, mas conseguimos perceber quão engajadas e interessadas estão pelo conteúdo informativo exibido semanalmente, desconstruindo preconceitos e estereótipos. Só para encerrar e não prolongar o assunto extremamente é preciso dar atenção a todas as mulheres! Não só às heterossexuais brancas de classe média alta, o que não se adéqua aos casos anteriores. A Daniele Andrade, uma transexual que não tem blog nem canal no youtube, expõe protestos diários em seu perfil no Facebook. Aprendi muito com essa pessoa maravilhosa e espero que vocês possam acompanhá-la por lá!

Bee

Todas essas mulheres incríveis com certeza merecem o seu curtir, inscrição e follow. Agora peço a indicação de vocês, quais outras mulheres incríveis da internet não citadas no post merecem o meu curtir?

Ensaios fotográficos em lugares inusitados

/ 0 Comentários

lindsay woods

Você acha que já viu de tudo? Então esta completamente enganado. A pegada dos anos 90 esta cada vez mais forte entre a galera nas redes sociais, fotos jogadas no supermercado, lavanderia, na pia da cozinha… Além de dar um ar gringo e antigo, você pode conseguir fotos super estilosas e alternativas nos lugares mais inusitados possíveis. Vale tudo, desde vitrines de lojas, sua cozinha ou até mesmo posto de gasolina. Que tal fazer um ensaio fotográfico quando for ao mercado? Super apoio!

fotos inusitadas2

fotos em supermercados

Agora não tem mais desculpas para deixar de atualizar o Instagram, desculpa de locais para fotografar não cola mais haha! Amo esse estilo de foto e obviamente para que o clique fique legal você deve se preocupar principalmente com o look e com as poses, quanto mais carão e jogado estiver, melhor!

fotos na cozinha

Curtiram a ideia? Vota aí embaixo o que vocês acham desse estilo de foto, estiloso ou nada a ver?