Assisti e amei 1/2

23 de outubro de 2014



Depois de um século e meio, eu resolvi aparecer para falar sobre filmes e séries. Estou super feliz com o reconhecimento de vocês, leitores, responsáveis pelo nosso sucesso. Prometo que, á partir de hoje, escreverei mais posts (no mínimo, dois por semana, já que estou muito desocupado ultimamente e preciso aproveitar o meu tempo para fazer algo construtivo). Percebi que vocês, assim como eu, gostam de novidades relacionadas ao mundo cinematográfico. Os filmes Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, Na Estrada, Precisamos Falar Sobre o Kevin, Amores Imaginários e Versos de Um Crime me surpreenderam bastante. Todos eles, individualmente, abordam temas polêmicos e conquistam milhares de pessoas por motivos óbvios: Sexo, adolescência, rebeldia, liberdade, paixonites platônicas (Que, infelizmente, já tivemos em determinadas épocas), insanidade. É bom lembrar que três deles já foram disponibilizados no Netflix. Quem nunca quis viver num sonho, fugir de casa ou reescrever a própria história através de si mesmo? Eles foram produzidos para um público metamorfósico, que muda constantemente e pretende evoluir em determinados aspectos. A irresponsabilidade é vista claramente por nós, telespectadores, mostrando os efeitos colaterais (No caso, as consequências) dela. Observar a vida através de outros olhos, na qual tudo é intensificado e pode ser mudado de uma hora para a outra, acrescentando ou retirando início, meio e fim, sempre me causou fascínio. O lado bom de assistir filmes, sejam eles atuais ou antigos, é construir perspectivas notoriamente diferentes sobre algo.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho: Dos cinco filmes citados, nem preciso dizer que sou completamente apaixonado pelo Hoje Eu quero Voltar Sozinho. Além de ser brasileiro, apresentar um assunto mal visto pela sociedade (A Homossexualidade) e ter ganhado diversos prêmios, foi inspirado no curta-metragem Eu Não Quero Voltar Sozinho. Guilherme Lobo, Tess Amorim e Fábio Audi, atores responsáveis por interpretar os personagens Leonardo, Giovana e Gabriel, trabalharam brilhantemente. Eles me fizeram rir e chorar respectivamente, apresentando o lado pouco explorado no tema: Inocência, pureza, companheirismo, e, acima de tudo, amor. Eu poderia falar sobre o filme durante horas, mas têm outros na lista.


Na Estrada: É, sem dúvidas, o mais arrebatador. Um filme completamente poético e revigorante. Ao terminar de assistir, fiquei com muitas dúvidas á respeito dele porque a história é complexa. Na Estrada foi baseado no livro On The Road (Que tem o mesmo significado quando traduzido para o nosso idioma), escrito pelo autor Jack Kerouac. Os três personagens principais, Dean Moriarty, Sal Paradise e Marylou, foram interpretados pelos atores Garrett Hedlund, Sam Riley e Kristen Stewart, famosa por brilhar no papel de Bella Swan. No geral, o filme é vislumbrante, hilário e tem cenas ótimas. É composto, assim como todos os filmes realmente bons, por cenas cômicas e tristes. Caminha entre o bom humor e a eloquência melancólica. Amei!


Amores Imaginários: Um filme tipicamente francês. Lento e, ao mesmo tempo, agitado. A proposta dele é, obviamente, questionar e implicar com a existência de amores imaginários. Francis e Marie, dois amigos, se apaixonam por Nicolas, transformando o enredo numa trama divertidamente cômica. É difícil falar sobre algo realmente bom. Eu adoraria continuar elogiando cada detalhe, mas a obra do diretor e roteirista canadense Xavier Dolan é específica, sem muitos detalhes e características. Estou sempre ligado na área fotográfica dos filmes, e, pelo mesmo motivo, posso dizer sem pensar duas vezes que existe um balanceamento singular na paleta de cores. Os próprios pôsteres, criados para divulgá-lo, falam por si.  Em outras palavras, o sucesso Amores Imaginários é apaixonante!


Precisamos Falar Sobre o Kevin: O enredo, inspirado no livro, surpreendeu do início ao fim. Ele é fantástico! Ezra Miller, ator que brilhou em filmes famosos como As Vantagens de Ser Invisível e Uma Segunda Chance, interpretou o personagem principal da melhor forma possível. Ele foi sarcástico, rebelde, inconsequente e doentio, acompanhando o ritmo proposto pela história. As cenas, bem produzidas e coerentes, me deixaram abismado. Fiquei louco para ler a obra na qual Precisamos Falar Sobre o Kevin foi baseado porque, felizmente, houve notoriedade construtiva entre os lados fictício e real, criando uma série de questionamentos delimitados. Acredito que ambos andaram juntos através de cenas intensas e diálogos marcantes.


Versos De Um Crime: Existe um questionamento filosófico incrível por trás da trama. Falando nisto, preciso assisti-lo novamente! No início, me senti perdido porque, diferente dos filmes citados, Versos de Um Crime apresenta os personagens Allen Ginsberg e Lucien Carr, dois jovens insanos que gostam de explorar o mundo contracultural. Eles agem insanamente e comentem erros irreversíveis durante o filme, causando uma avalanche de problemas com os quais precisam conviver num futuro repentino. Daniel Radcliffe, famoso por protagonizar a saga Harry Potter, o bruxo mais famoso do mundo fictício, atuou brilhantemente. Além de ser baseado numa história real e discutir temas relacionados à literatura, tem trilha sonora e roteiros impecáveis. Sem dúvidas, irá te impressionar em todos os aspectos.


É isso, pessoal! Alguém já assistiu alguns desses filmes? O que acharam?

Um pouco do que rolou no Circuito Banco do Brasil em Belo Horizonte

22 de outubro de 2014


Nesse ultimo sábado (18/10) rolou o Circuito do Banco do Brasil aqui em Belo Horizonte e é claro que não perderia por nada, pois afinal, uma das bandas que se apresentaria por lá era Panic! At The Disco, e para quem acompanha o blog há um tempinho, deve ter visto que esse meu amor por eles começou no inicio desse ano, exatamente quando escrevi esse post aqui. Jamais imaginaria que eles viessem para o Brasil, ou melhor, para minha cidade ainda esse ano, mas ao receber a noticia de que realmente viriam dei um surto como de costume e corri para comprar meu ingresso, chamei uma amiga e esperei aproximadamente quatro meses para esse dia chegar! Aqui estou registrando, como sempre, como foi essa experiencia de poder ver uma das minhas bandas favoritas tocar ao vivo.

Agora com a atualização do canal do blog, porque não tentar gravar um vlog para vocês? Pois é, agora vocês podem ver um pedacinho de cada show que rolou por lá e o que fizemos durante o dia lá. Ah, lembrando que não foi somente Panic! a se apresentar, teve Linkin Park, que lotou o local de fãs, Titãs que chegaram com tudo, rolou até mascaras e Nação Zumbi com um som super bacana. Estava tudo super tranquilo, na maior paz, foi um dos melhores shows que já fui pela tranquilidade. Ah, mais uma coisinha... Todos os shows foram transmitidos pela Multishow, caso tenha perdido vou deixar o link deles no final desse post, então confere ai o vídeo:
Show completo: Panic! / Linkin Park 

E vocês, o que acharam? Alguém ai foi no Circuito de Brasilia ou de outro lugar? 

[TAG] 15 Fatos Estranhos Sobre Mim

17 de outubro de 2014


Olha só quem esta voltando a gravar videos? Siim, euzinha aqui hahaha. Agora sim, o blog será também atualizado com videos! Com essa estreia da nova fase do blog e canal, resolvi gravar uma tag que está fazendo maior sucesso pelo youtube: 15 Fatos Estranhos Sobre Mim! Respondi algumas perguntinhas e achei essa uma ótima forma de vocês me conhecerem melhor, fora dos textos aqui do blog, então bora conferir:
Para quem quiser responder a tag, aqui estão as perguntinhas:

1) Qual apelido que apenas a sua família te chama?
2) Qual hábito estranho você tem?
3) Você tem alguma fobia estranha?
4) Qual música você canta em voz alta?
5) Qual mania dos outros que mais te irrita?
6) Quando você está nervosa qual hábito você pratica?
7) Qual lado da cama você dorme?
8)  Qual foi o seu primeiro bicho de pelúcia e qual era o nome dele?
9) O que você sempre pede no Starbucks?
10) Uma regra de beleza que você prega mas não pratica?
11) Que lado você fica no chuveiro?
12) Você tem alguma habilidade estranha com o seu corpo?
13) Qual fast food você sempre come?
14) Qual frase de exclamação que você sempre fala?
15) Na hora de dormir o que você realmente veste?

Me digam nos comentários o que acharam do vídeo e me dê sugestões para os próximos videos, o que vocês querem ver no canal? Beijoss!

Look do dia - Colorful

7 de outubro de 2014


Aproveitei minha tarde para novamente fazer uma das coisas que mais amo: fotografar! Nesse look usei uma regata bem soltinha, um short jeans, um cinto de couro velho e prendi a blusa no short para deixar o look mais charmosinho haha, usei também um Oxford que estava esquecido no meu armário e a bolsa foi só um complemento "básico" para tornar esse look ainda mais causal, combinou total para um passeio á tarde. Ahh, e esse óculos comprei lá no Aliexpress, amei muito! 

A responsável pelas minhas fotos foi a @michelecarvs, que novamente me deixou com um sorriso de orelha a orelha de tanto que amei! Vale a pena segui-la no instagram, sempre tem fotos lindas por lá! Não se esqueçam de deixar nos comentários o que acharam do look e principalmente das fotos:

Passeio por São Paulo e Balada Capricho!

25 de setembro de 2014


Nesse ultimo sábado (20/09) ás 23:55 estava rumo à São Paulo, cidade das oportunidades, onde tudo acontece. Esse passeio teve sim um propósito, pois dia 21 no domingo, iria rolar a Balada Capricho. Como faço parte da Galera Capricho, cada uma das integrantes receberam 4 convites para a festa vip do ano. Como todas as garotas iriam e seria uma grande oportunidade para que eu pudesse conhecer todos aqueles que me comunico somente por internet, tanto as garotas quanto redatoras da revista, precisava mais do que nunca ir nessa balada. Admito que não foi fácil descobrir uma forma para que eu pudesse ir, como precisava de um acompanhante e após receber vários "Infelizmente não vai dar", uma super amiga que alem disso também é minha professora de canto, topou ir comigo de ultima hora. Tivemos que sair de BH no sábado à noite e chegar domingo de manha em SP, nos hospedamos em um hotel próximo do local da balada e fiquei extremamente encantada com a famosa Av. Paulista, os restaurantes, cada ruazinha próxima de nós e é claro que não podia deixar de andar de metrô, fiquei fascinada com a agilidade e praticidade das pessoas e sinalização, todos tinham uma informação para lhe dar, sempre muito atenciosos, pois graças a essa facilidade, duas garotas que não sabiam nada de SP souberam se virar direitinho por essa enorme cidade. Como tínhamos pouquíssimo tempo para aproveitar, pudemos dar somente um pequeno rolezinho por lá. 

Agora a hora mais esperada; a Balada Capricho! Ao chegar exatamente as 18:00 na porta do local, logo de cara encontrei todas as garotas da Galera, foram super atenciosas e gentis, como já conversávamos pela internet foi super tranquilo nos entrosar, pois sou bem tímida para novas amizades e com elas parecia que já nos conhecíamos há anos. Aproveitei cada segundo para dançar, mas isso logo após descer do salto. Experimentei os drinks e a única coisa que me arrependo de não ter feito, foi deixar de provar todas as comidinhas, somente o mini hambúrguer que estava uma delicia. A parte mais legal foi conhecer algumas celebridades de pertinho e poder tirar foto com elas, por exemplo o Adriel da banda Pollo passou do meu lado e é claro que pedi uma foto. Confere então minhas fotos com essas celebs:
Adriel quando passou do meu lado / Paula Landucci, amo os videos dessa menina, encontrei ela no meio da pista / A Bruna, ex-integrante da banda Girls que já se declarou Lovatic como eu / Por fim, me encontre no meio da multidão com o Mika ao lado haha

A decoração do local estava impecável, literalmente a cara da Capricho, tivemos barmans incríveis haha no segundo andar um local para tirarmos fotos instantâneas, um painel para deixarmos nossos autógrafos com canetinhas de neon e pudemos também pintar nossos rostos com tinta neon. Foi realmente incrível e já sinto saudade das garotas, então confere nossas fotos aí:
Após toda essa diversão e animação tive que ir correndo para o hotel, arrumar as malas e voltar para BH. Cheguei segunda de manhã super cansada, mas valeu apenas toda essa correria. Não vejo a hora de voltar para São Paulo!